Quarta-feira, 8 de Dezembro de 2004

Asas

voar

Noites plenas de estrelas,
Pontos de luz
Ténues ou exuberantes.

Exuberantes como
Gargalhadas de uma
Borboleta recém-nascida,
Emergente da crisálida,
Contemplando as suas
Novas asas coloridas.

Como gostava de
Ter essas asas que
Me levariam a ti,
Sem esforço,
Aproveitando
A brisa morna
Que desafia o frio
Polar que endurece
As tuas noites
Sem o meu carinho,
Sem o terno abraço,
E sem o meu murmúrio
Quente no teu peito:
- Como eu gostava de voar contigo.


Bina Ladina aka NightWitX às 14:59
| ...Comenta...
6 comentários:
De Anónimo a 14 de Dezembro de 2004 às 16:02
Olá!
Gostei muito do teu blog.Darkangel_17
(http://mysantuary.blogs.sapo.pt)
(mailto:Ana_Radcliffe_@hotmail.com)


De Anónimo a 14 de Dezembro de 2004 às 12:27
Sonho tanto que estou a voar que por vezes penso mesmo que sei voar...é como se já conhecesse essa sensação :)
Olha, mudei de blog, basta clicares no meu nick pra veres o url...e assim que puderes para mudar a informação aqui no teu blog. JOkasVenus Diablo
(http://maa8888.blogspot.com)
(mailto:v3nus_diabl0@hotmail.com)


De Anónimo a 12 de Dezembro de 2004 às 20:49
Ai amiga!! cada vez melhor... as imagens, o texto... gosto de ti(como amiga e nada de lesbiquices!!!)... xau jks gandes *************malukita
</a>
(mailto:f@h.pt)


De Anónimo a 12 de Dezembro de 2004 às 12:56
Como é bom voar assim...Distante
(http://distante.blogs.sapo.pt)
(mailto:distante@megamail.pt)


De Anónimo a 12 de Dezembro de 2004 às 02:47
belo poema...
bom domingo p/ ti!
bjs e carpe diemJuliane
(http://www.quimeras.zip.net)
(mailto:poetisa_solitaria@yahoo.com.br)


De Anónimo a 10 de Dezembro de 2004 às 15:19
Como seria belo sermos livres, livres para voarmos juntos deste lugar tão morto para ti, levar-te a ver um mundo novo... amo-te muito meu anjo **************|zAiTz3v||
(http://mdplace.blogspot.com)
(mailto:zaitz3v@hotmail.com)


Comentar post