Quinta-feira, 16 de Dezembro de 2004

Desejo de um Sátiro

satyr
Não existem Príncipes Encantados!
Apenas sátiros libidinosos
Que vestem trajes principescos.
Desafiam jovens belas, virginais e
Indefesa na arte dos devaneios
Dos caminhos da carnalidade.
A sedução da promessa de amor eterno,
Faz vacilar. O Sátiro sabe-a bem.
Algumas, as mais ingénuas e crentes
No Deus vingador, acobardam-se receosas

Do castigo, preço do seu desejo proibido…
Mas acabam por ceder ao encantamento
Das flautas mágicas dos Sátiros Príncipes.
Uma vez eleita, o Sátiro espera-a,calmo.
O tempo de espera não o derrota.
Chega o dia em que o Sátiro
Apodera-se finalmente de
Toda a réstia de candura,
Virgindade e inocência,
Da donzela que não resiste à
Fatal doçura do Sátiro
A alma dela, aos pouco, é despojada
É o troféu da paciência e persistência.

As areias do tempo passam
Rápidas demais para o Sátiro que,
Cedo se enfada da, outrora, bela...
O desejo da caçada triunfante,
Torna-se premente,
Para quem não esquece o sabor
Da conquista e agora
É um mero carcereiro…
A decisão demora mas é tomada.
Abandona a serva já sem préstimo,
A floresta negra dos uivos será
O seu altar macabro.

Eu consegui escapar com vida.
Um Homem salvou-me da morte certa,
Mas não lamento a fraqueza das que
Tombaram, e irão continuar, a tombar.
Desmesurado desejo do Sátiro.

Bina Ladina aka NightWitX às 23:49
| ...Comenta...
|
7 comentários:
De Anónimo a 21 de Dezembro de 2004 às 08:39
Infelizmente vivemos num mundo de lobos com pele de cordeiros...Distante
(http://distante.blogs.sapo.pt)
(mailto:distante@megamail.pt)


De Anónimo a 19 de Dezembro de 2004 às 18:29
gostei muito deste!!!Pleistoscene
(http://osimachina.blogspot.com/)
(mailto:osimachina@iol.pt)


De Anónimo a 19 de Dezembro de 2004 às 11:43
Nem é sempre é facil despir o traje daqueles que com falas mansas encantam nos ouvidos tentando chegar ao nosso coração, quando apenas mentiras são anunciadas. Fico feliz por teres escapado :) Um beijo doceMissladyMystery
(http://MundoDosSonhos.blogs.sapo.pt)
(mailto:lovespellyou@portugalmail.pt)


De Anónimo a 17 de Dezembro de 2004 às 23:30
mas existem anjos, anjos como tu, que cairam no meu colo a fugir de um destino cruel... por isso eu te protegi e te dei o meu amor... como continuarei sempre a dar... amo-te muito ************|zAiTz3v||
(http://mdplace.blogspot.com)
(mailto:zaitz3v@hotmail.com)


De Anónimo a 17 de Dezembro de 2004 às 10:16
E o amor, onde anda? Onde anda que o não consigo ver há muito. Ou não verei eu outra coisa que não o amor?JesusRocks
(http://nightlore.blogspot.com)
(mailto:jesusrocks@sapo.pt)


De Chacal@ig.com.br a 15 de Abril de 2007 às 22:40
Não se condoam das jovens belas, virginais alvos dos Sátiros.
Não existem desejos proibidos, isso é uma farsa criada com as palavras não ditas de um Deus vingador.
Não se irritem com o Sátiro, pois ele age apenas conforme sua natureza, impelido pelos uivos da dita floresta negra.
Virgindade inocência e candura, não são virtudes que se prestem ao longo de uma vida repleta de noites escuras.
Há quem, um dia a todos abra os olhos, Há quem um dia transforme botão em rosa.
Para que esta floresça em todo seu resplendor.
Se o pecado do Sátiro é não ser um eterno no admirar tamanha beleza em rosa madura....
Também peca a Rosa em não perceber que é eterno o amor do Sátiro, mesmo pelo mais breve tempo que ele dura.
Chacal.


De Chacal a 19 de Abril de 2007 às 08:32
Ah tem um erro aqui :
A última frase seria-
Também peca a rosa, por não perceber que é Completo o amor do Sátiro, pela mais breve tempo que ele dura.
É isso ai.


Comentar post

pesquisar

 

me

Mistérios Recentes

Tantos anos depois..

Just a view

So Cold.. but HERE

Futuro...

Saudade

Delicate... and Blue!!

He's leavin' home

Para onde vais?

Decepção

Dificuldade....

Links MisteriosoS..

Brams de Lata
mY dArK pLaCe

mY dArK pLaCe
Diário de uma Gaija Louca
100 Contemplações
A chegada da Aurora
Burden and Chaos
Lótus... Pedaços de Mim
Distante
Evolving Metamorph
Resignação Nua e Violenta
Ilha das Maçãs

capricorn firedragon

Mistérios do Passado

Fevereiro 2014

Novembro 2013

Março 2013

Dezembro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Junho 2012

Fevereiro 2012

Agosto 2011

Maio 2011

Março 2011

Janeiro 2011

Agosto 2010

Abril 2010

Março 2010

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Novembro 2007

Outubro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Dezembro 2004

Novembro 2004

Outubro 2004

Setembro 2004

Agosto 2004

Julho 2004

Junho 2004

Maio 2004

Abril 2004

Março 2004

Fevereiro 2004