Domingo, 31 de Outubro de 2004

A noite das Bruxas é Hoje!


Bina Ladina aka NightWitX às 15:20
| ...Comenta... | ...comentaram... (1)
|
Sexta-feira, 29 de Outubro de 2004

Escreve-me

Fly.JPG
" Se me disseres que me amas, acreditarei,
Mas se escreveres que me amas,
Acreditarei ainda mais.
Se me falares da tua saudade, entenderei,
Mas se escreveres sobre ela,
Eu a sentirei junto contigo.
Se a tristeza vier a te consumir e me contares,
Eu saberei, mas se a descreveres no papel, 
O seu peso será menor "

... e assim são as palavras escritas:
Possuem um magnetismo especial, libertam,
Acalentam, invocam emoções.

Elas possuem a capacidade
De em poucos minutos cruzar mares,
Saltar montanhas, atravessar desertos intocáveis. (...)

Quem escreve constrói um castelo,
e quem lê passa a habitá-lo ".

Silvana Duboc

Bina Ladina aka NightWitX às 01:09
| ...Comenta... | ...comentaram... (5)
|
Segunda-feira, 25 de Outubro de 2004

Onde Estás?

medievalbn5.jpg
Estou tão cansada
Destas grades frias.
Sei que a minha vida
Está algures do outro
Lado a ser vivida
Não sei por quem,
Mas bem longe daqui!
Deste sitio sinistro onde
Oiço todos os gritos e lamentos
Do mundo, mas minhas frágeis
Súplicas nem se ouvem...
O meu som não se propaga
Neste diminuto canto vazio,
A luz fica cativa das trevas,
Que assombram esta clausura.

Nem forças quero ter para
Me torturar com recordações
De rios calmos e mornos.
Isso já me parece tão distante,
Longos dias soalheiros,
Noites em que o teu corpo
Era vibrante perto do meu,
Teu abraço, meu repouso…
Não quero estar aqui!
Não quero ser assim,
Tão insignificante para ti.
Onde estás?


Bina Ladina aka NightWitX às 01:11
| ...Comenta... | ...comentaram... (7)
|
Segunda-feira, 18 de Outubro de 2004

Aviso

carmilla


- Chegou a tua hora! Estás preparada?

- Não... eu não quero ir...

- Não podes impedir o que é inevitável.

- Mas eu tenho ainda tanto para fazer, eu não quero deixar a vida desta maneira...

- Foste tu que escolheste a tua vida.
Deram-te vários caminhos e tu escolheste esse!

- Eu não pude escolher a dor. Não sou masoquista.

- És!
Prova disso é toda a tua vida.
Sofrer por causas perdidas, por assuntos encerrados.

- Não estavam encerrados, eu nunca os encerrei! Encerraram por mim! Eu não queria isto assim.

- Tenho pena mas não posso deixar-te desse lado. Tu vens comigo!

- Dá-me uma oportunidade...!

- Não há mais oportunidades, tu desperdiças-te todas.
Agora vem. Fecha os olhos, ou se quiseres, contempla a luz...

- Não quero ir. Não pode ser assim.

Salto. Acordo. Choro.
Foi um aviso!
Ouve o meu grito de desespero.
Segura-me aqui, eu não quero ir.
Abraça-me bem forte.
Não deixes as lágrimas
Rolarem pelo meu rosto.
Não quero ir!


Bina Ladina aka NightWitX às 00:03
| ...Comenta... | ...comentaram... (11)
|
Quinta-feira, 14 de Outubro de 2004

Brandura

hope.JPGEu suplicava, pelos cantos escuros
Desta vida, algo distante: Amor.
Um pedaço desse
Doce encanto que só via noutros.
A brandura do teu
Olhar acarinhou-me..
Suavemente cuidaste de
Todas as chagas,
Todos os ferimentos
Em carne viva desta minha
Negra alma torturada
De passado tempestuoso,
Que em noites frias
Ainda surgia como um
Espectro tortuoso, cobrador de
Memórias de felicidade
De tempos idos e espinhoso.

Só tu és o morno da seara,
Ele a aridez da montanha,
O Inverno de quentes ilusões,
As noites de embalo enganoso.

Acabaram as falácias de vidas
(Quase) perfeitas.
Tu és a minha vida.
Morre fantasma de gelo!
Já não te temo!


Bina Ladina aka NightWitX às 00:15
| ...Comenta... | ...comentaram... (4)
|
Sábado, 9 de Outubro de 2004

Tristeza

bluevision

Ali vai a maluquinha!
Vejam! Vejam!

- Ela não está muito contente... será que vai fazer alguma ruindade?

A desafortunada só está triste
Por não ter onde pertencer,
Poucos gostarem dela,
E os que gostam, nada podem fazer
Para evitar a crueldade dos julgamentos.

Ali vai a maluquinha!
Vejam! Vejam!

- Ela está a chorar... De certeza que é fingimento dela!

Nunca os que ela deseja
A podem ajudar.
Uns não podem,
Outros não querem,
Nem sequer estar com ela.

- Não fica bem privar com uma demente! Com tanta gente para quê perder tempo com ela?

Ali vai a maluquinha!
Vejam! Vejam!

Já tem medo de sair,
Já tem medo de falar,
Todos a julgam só de olhar,
Todos são melhores,
Todos tão bonitos, tão perfeitos,
Até os que estão tristes
Têm uma causa melhor
Para a sua tristeza.

- És uma fraca desculpa para mulher! Desaparece das nossas vidas!


Onde está a maluquinha?
Onde? Onde?

Atendeu os pedidos
De todos os que são bons,
Perfeitos, melhores que ela.

- Ela volta de certeza! Não pode desaparecer!... 
Precisamos de alguém para pisar!


Bina Ladina aka NightWitX às 16:49
| ...Comenta... | ...comentaram... (11)
|
Quarta-feira, 6 de Outubro de 2004

Delírios Azuis

darkriver.jpg
Deformações da
Minha realidade
Em tons de azul...
Flores azuis de
Mistérios extravagantes,
Delírios, ilusões anil escuro,
Sonhos de desejo impuro,
Luas de tentação fatal.
Rodeiam-me!
Assaltam-me!
O pesadelo vai terminar.
Vou despertar da ânsia
De te ter, a ti, só a ti.
Não te vou partilhar,
Com frívolas que choram,
Frívolas que te desejam,
E te enganam com lágrimas ocas.
Mas isso será verdade?
Ou será mais um dos
Meus delírios azuis?


Bina Ladina aka NightWitX às 15:30
| ...Comenta... | ...comentaram... (7)
|
Sábado, 2 de Outubro de 2004

Metade

indark

Que a força do medo que tenho não me impeça de ver o que anseio.
Que a morte de tudo que acredito não me tape os ouvidos e a boca.
Porque metade de mim é o que eu grito, mas a outra metade é silêncio

Que a música que eu ouço ao longe seja linda, ainda que triste.
Que a mulher que eu amo seja para sempre amada, mesmo que distante.
Porque metade de mim é partida e a outra metade é saudade.


Que essa minha vontade de ir embora se transforme na calma e na paz que eu mereço.
Que essa tensão que me corroe por dentro seja um dia recompensada.
Porque metade de mim é o que eu penso e a outra metade é um vulcão.


Que o medo da solidão se afaste, que o convívio comigo mesmo se torne ao menos suportável
Que o espelho reflita em meu rosto o doce sorriso que eu me lembro de ter dado na infância
Porque metade de mim é a lembrança do que fui, a outra metade eu não sei..


Que não seja preciso mais do que uma simples alegria para me fazer aquietar o espírito.
E que o teu silêncio me fale cada vez mais.
Porque metade de mim é abrigo, mas a outra metade é cansaço.


E que minha loucura seja perdoada.
Porque metade de mim é amor e a outra metade... também


Oswaldo Montenegro


Bina Ladina aka NightWitX às 17:20
| ...Comenta... | ...comentaram... (6)
|

pesquisar

 

me

Mistérios Recentes

Tantos anos depois..

Just a view

So Cold.. but HERE

Futuro...

Saudade

Delicate... and Blue!!

He's leavin' home

Para onde vais?

Decepção

Dificuldade....

Links MisteriosoS..

Brams de Lata
mY dArK pLaCe

mY dArK pLaCe
Diário de uma Gaija Louca
100 Contemplações
A chegada da Aurora
Burden and Chaos
Lótus... Pedaços de Mim
Distante
Evolving Metamorph
Resignação Nua e Violenta
Ilha das Maçãs

capricorn firedragon

Mistérios do Passado

Fevereiro 2014

Novembro 2013

Março 2013

Dezembro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Junho 2012

Fevereiro 2012

Agosto 2011

Maio 2011

Março 2011

Janeiro 2011

Agosto 2010

Abril 2010

Março 2010

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Novembro 2007

Outubro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Dezembro 2004

Novembro 2004

Outubro 2004

Setembro 2004

Agosto 2004

Julho 2004

Junho 2004

Maio 2004

Abril 2004

Março 2004

Fevereiro 2004