Segunda-feira, 31 de Maio de 2004

Sangra-me!

flora


Sangra-me!
Sangra-me da raiva
Corrosiva do passado
Sangra-me do ódio
Que me mata.
Estou cansada!
Cansada de ver
Aquele fantasma negro
Chamado passado
Que me magoa tanto.
Ele não vai ser capaz!
Ele já não me devia
Sequer tocar quanto
Mais magoar...
Sangra-me!
Exorciza esta sombra
Para longe.
Não quero mais...
Não quero mais
Ser alvo do menosprezo
De um mero fantasma!

Bina Ladina aka NightWitX às 13:18
| ...Comenta... | ...comentaram... (10)
|
Sábado, 29 de Maio de 2004

Vem...

lock.jpg

Vem...
Vem dormir comigo
Vamos dormir os dois juntos
Isso … Deixa-me deitar
No teu peito abrigo
Deixa-me sentir o calor
Do teu corpo, o teu coração
O carinho dos teus lábios
A segurança dos teus braços
Sim abraça-me forte quando
Eu acordar abalada e tremer
Porque o pesadelo foi ruim
Já parecia não ter fim
Mas os teus braços protegem-me
De qualquer sombra maléfica
Vem amor, vem comigo dormir.
Não quero nada temer.

Bina Ladina aka NightWitX às 13:05
| ...Comenta... | ...comentaram... (11)
|
Quinta-feira, 27 de Maio de 2004

Será que... O que é que vocês acham?

rosetear


"Ser poeta é ser mais alto...."
E então e eu que nem sou poeta nem sou alta e já tenho direito a cópias das minhas humildes letritas?
Sim é verdade caríssimos leitores.. enquanto eu e muitos de vós andamos com todo o trabalho de escrever as vossas letrinhas, existe maltinha que acha muito mais interessante copiar sem sequer pedir permissão!
Não achei mesmo nada positivo...
Ou então até é positivo.. será que escrevo assim tão bem?
Ok pronto quando vierem do Rock in Rio digam alguma coisa .. se conseguirem claro :P


Bina Ladina aka NightWitX às 20:45
| ...Comenta... | ...comentaram... (11)
|
Quarta-feira, 26 de Maio de 2004

O naufrágio

wildershore.jpg


O barco navegava perdido
Numa noite enevoada
Viu-se ao longe terra.
Rumou naquela direcção.
Aproximou-se do que julgava
Ser Porto Seguro.
Seguiu-se um estrondo.
"- Rompeu-se casco a bombordo! "
Não encontrou nem
O cais nem a praia
Apenas a escarpa
O navio tinha embatido
Nas falésias negras
O mar reclamou as vidas dos marujos
Camaradas do Capitão Altivo
E boémio que ignorara
Todos os avisos, tantos eram
Os vinhos e os tesouros roubados
Sobreviveram três dos muitos
Navegantes que ali acostaram
Tragicamente naquela noite.


As delicadas sereias mal
Sentiram o reboliço no mar
Foram numa tentativa
De socorrer os náufragos,
Mas já pouco puderam fazer.
O primeiro e mais velho
Dos três sobreviventes
Do rude embate, acabou por
Sucumbir num redemoinho mortal.
O segundo mais jovem e audaz,
Ainda conseguiu resistir.
Mas ao ver as sereias afastou-as
Recusou auxílio
Àquelas criaturas que ele
Considerava maléficas.
Uma onda mais forte
Atirou-o para um destino
Idêntico ao do navio.
O mais jovem quando
Viu o sangue do camarada
Desesperou. Não podia crer
Que estaria vivo e sozinho
Sem aqueles que o acolheram
Quando tinha sido abandonado
Para morrer de fome e de frio.
Uma pequena sereia sentiu
O sabor da lágrima do jovem.
Aproximou-se mais dele querendo
Salvar do triste fado de
Todos os que estavam no navio.
“És a mais bela criatura
Que vi nesta vida mas jamais
Poderei viver em terra sem ti, minha sereia
Prefiro afogar-me e morrer
Olhando nos teus olhos."
A sereia adormeceu-o delicadamente
Ao último suspiro do marinheiro
A menina do mar de tristeza morreu.


Bina Ladina aka NightWitX às 01:54
| ...Comenta... | ...comentaram... (6)
|
Segunda-feira, 24 de Maio de 2004

Negro flutuar

Starlight

Perdida nesta vida…
Ou será nesta morte !?
Eu já não entendo bem
É doce o flutuar na
Noite aconchegante.
Mas não paro de me questionar:
- Vivo para quê?
Será que assim é viver?
No meio das minhas cogitações
Um tic tac do velho
Relógio de pêndulo
Apela ao meu olhar atenção.
É quase manhã.
Em breve a aurora do novo dia.
O Sol … já nem o vejo nascer
Não sinto assim tanta falta dele.
Para quê?
Para ser mais visível a minha
Incontestável decadência?
Tenho medo da luz.
A luz nunca foi meiga para mim.
E agora que desconheço
O meu real estado
Não me quero arriscar assim.
Não quero voltar a sofrer
Não quero mais as sensações
Nem de Alegria nem de Dor.
Apaixonei-me por este
Cómodo flutuar nocturno.
Não quero mais o sol
O ardor das sensações
Dos vivos neste lugar
Ingrato para quem ama.

Bina Ladina aka NightWitX às 02:17
| ...Comenta... | ...comentaram... (7)
|
Sábado, 22 de Maio de 2004

Chuva de Maio

you


Sentiste o cheiro da terra molhada?
Sim tinha mesmo que chover...
Estava a ser bom demais o sol.
O carinho do vento morno nos corpos
Estirados ao sol ociosos.
Agora a ira nos céus
Os relâmpagos que os cruzam.
Mais uma recordação...
Perdida.
Não não vou mentir.
Ainda choro quando vejo
Aquela frase tão inspirada de amor.
A frase inspirada de um amor defunto.
O que foi feito das promessas
Que me fizeste?
Levou-as as chuvas de Maio.


Bina Ladina aka NightWitX às 02:21
| ...Comenta... | ...comentaram... (9)
|
Terça-feira, 18 de Maio de 2004

Noite da Perdição

dancer
Hoje vou roubar-te
A alma com um beijo
Vais morrer para este mundo!
Vou quebrar a tua
Armadura de angústia
Libertar a tua essência
O absinto da Alma vai vencer!
Nem vais sequer sentir.
Vais querer perder-te
Em mim e esquecer
Esquecer do monstro
Em que te querem tornar.


Bina Ladina aka NightWitX às 20:57
| ...Comenta... | ...comentaram... (14)
|
Segunda-feira, 17 de Maio de 2004

Fogo mágico

sea
Por todos os dias que já vivi
Perdi sempre aquele lindo luar
Por todos os lugares onde fui
Esqueci de admirar o mar
Por todas as viagens que fiz
Nunca parei para contemplar
A grandeza do sobreiro solitário.
Olho para trás e sinto que
Perdi sempre um detalhe,
Algo realmente importante.
Tu ofereceste-me o fogo mágico.
Fogo que ilumina a razão,
Desperta os meus sentidos
Tão debilitados da falsidade
Que rodeia este meu mundo…
Este meu mundo antes de ti.
Amo-te essência do meu ser.
Minha grande razão de viver.

Bina Ladina aka NightWitX às 00:49
| ...Comenta... | ...comentaram... (6)
|
Quarta-feira, 12 de Maio de 2004

Torre da Esperança

light


...Por vezes surge uma nova esperança...
A luz da estrela na noite escura.
A doce música ondulante
Misturada com a brisa morna.
E os pés na areia fria e fina
Dançam hipnotizados sem parar.
Aquela barca ruma lenta no escuro.
E eu vejo. Observo calada.
Eu sou a vigia.
A vigia da esperança,
Alta na minha Torre de Sonhos
Fria pelos invernos tempestuosos.
Mas magnífica e longe como esta
Pequena estrela. Esperança.


Bina Ladina aka NightWitX às 22:17
| ...Comenta... | ...comentaram... (8)
|
Segunda-feira, 10 de Maio de 2004

Noite chuvosa na estrada

rain

Cada gota de chuva
Que via cair no párabrisas
Era mais uma lágrima
Que escorria da tua alma
Não consegui.
Desiludi-te da maneira
Mais vil deste mundo:
Escolhi o meu divertimento
Escolhi a alegre gargalhada
Escolhi a tua solidão.
Desculpa-me nesta noite
De chuva negra,
Esta chuva entorpecedora que
Fez com que adormecesses
Sem sequer poder ver
O meu sorriso apaziguador
Dos teus dias desalentados
Só posso pedir desculpa
Por ter escolhido
O meu prazer egoísta
Nem sequer cheguei
A tempo...
A tempo de te dizer
Olhos nos olhos
Amo-te muito meu doce querido.

Bina Ladina aka NightWitX às 01:53
| ...Comenta... | ...comentaram... (8)
|

pesquisar

 

me

Mistérios Recentes

Tantos anos depois..

Just a view

So Cold.. but HERE

Futuro...

Saudade

Delicate... and Blue!!

He's leavin' home

Para onde vais?

Decepção

Dificuldade....

Links MisteriosoS..

Brams de Lata
mY dArK pLaCe

mY dArK pLaCe
Diário de uma Gaija Louca
100 Contemplações
A chegada da Aurora
Burden and Chaos
Lótus... Pedaços de Mim
Distante
Evolving Metamorph
Resignação Nua e Violenta
Ilha das Maçãs

capricorn firedragon

Mistérios do Passado

Fevereiro 2014

Novembro 2013

Março 2013

Dezembro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Junho 2012

Fevereiro 2012

Agosto 2011

Maio 2011

Março 2011

Janeiro 2011

Agosto 2010

Abril 2010

Março 2010

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Novembro 2007

Outubro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Dezembro 2004

Novembro 2004

Outubro 2004

Setembro 2004

Agosto 2004

Julho 2004

Junho 2004

Maio 2004

Abril 2004

Março 2004

Fevereiro 2004